Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Deixem o Indie em Paz

Álbum da semana #32

marsupial.jpg

 

Trata-se de um EP, mas também serve. Gosto muito, já o ouvi na integra ao vivo, e acho que foi desde aí que este EP passou a conter algumas das minhas músicas preferidas dos Linda Martini.

Deliro com o final de A Corda do Elefante sem Corda e com a parte instrumental inicial da Raposo Manhoso, faixa que termina com o libertar das palavras Guarda tudo, deita fora/Daqui não vais embora. Com a melodia da Parada, com o ritmo da Sabotagem. Com a letra e a música de As Putas Dançam Slows (e o final, meu Deus, o final). Só não sou particularmente fã, curiosamente, da Intrusa.

Dez em dez.

 

Retrato do fim-de-semana

Quase se pode dizer que o fim-de-semana começou quinta-feira à noite, juntamente com a série de três concertos de Linda Martini no Music Box, dois EPs (Linda Martini + Marsupial), Olhos de Mongol e Casa Ocupada, mais três encores com direito a covers e algumas músicas do Turbo Lento, foi bonita a festa pá, e ainda deu para descobrir, apenas no último dia (!), dia em que ficámos mais à frente, que a Cláudia está grávida e ainda anda ali a tocar como se não tivesse uma barriga de uns seis meses, digo eu.

 

IMG_0246.JPG

 

Pelo meio, ainda houve tempo de comprar o primeiro volume de O Segundo Sexo, de Simone de Beauvoir, publicado há mais de cinquenta anos e que quero muito ler. Aproveitei os 20% de desconto em todos os livros da Fnac e lá deixei os livros “Em falta na estante” para depois, embora tenha sido preciso visitar duas Fnacs diferentes para o encontrar, ultimamente, sempre que quero alguma coisa nunca a encontro à primeira, será algum tipo de sinal para não gastar dinheiro? Deve ser, prometo que este mês (Abril) não adquiro mais livros, OK?

 

segundo sexo.jpg

 

Por fim, vivi uma espécie de odisseia para comprar uma televisão em promoção na Worten, que vimos no sábado, mas só decidimos comprar no domingo. Quando lá voltámos no domingo, já não havia a televisão que queríamos, aliás, na zona de Lisboa, só estava disponível na Worten de Loures. O senhor da Worten onde estávamos mandou reservar a televisão em Loures, OK, então vamos lá ao LouresShopping, Tens a certeza que só existe uma Worten em Loures?, Claro que sim. Pois, afinal parece que não, lá ficámos meia hora à espera que o funcionário mais simpático de sempre da Worten fosse à outra Worten que existe em Loures buscar a televisão, para não termos de ir nós, que nem sabíamos onde ficava. Mais, só descobrimos que estávamos na Worten errada de Loures, depois de comprarmos uma televisão exactamente igual à que queríamos, apenas diferente no tamanho (42 polegadas em vez de 47), felizmente, demos por isso antes de sairmos da Worten. A televisão que realmente queríamos não estava disponível no LouresShopping, lá está, nunca encontro as coisas à primeira, neste caso, nem mesmo à segunda. Lá foi o senhor na sua demanda, toca de colocar o dinheiro gasto em cartão Worten, o senhor voltou, toca de pagar os 20€ de diferença e lá pudemos levá-la, finalmente, para casa, mas à pressa, porque tínhamos de sair novamente. Só às onze da noite é que instalámos a nova televisão que até tem 3D e é tão bonita, ai meu Deus, estou mais cansada do que antes do início do fim-de-semana, o facto de a hora ter mudado também não ajudou aqui a pessoa que se deitou às duas e três da manhã dois dias consecutivos.