Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Deixem o Indie em Paz

Mixórdia de posts

Este fim-de-semana vi alguns episódios da décima primeira temporada da Anatomia de Grey e fartei-me de chorar. Penso que ainda me faltam dois para acabar a temporada, mas acho que vou ter de esperar mais algum tempo para os ver e ainda tenho de ponderar sobre ver ou não a décima segunda. É muita desgraça e eu devo andar particularmente sensível porque chorei tanto que parecia que o mundo ia acabar. Não foi nada bonito.

 

Acabei por não ter tempo de ver mais episódios de How to Get Away with Murder, tenho de ver se compenso isso.

 

Não estou numa fase boa para ler, parece que estou a sofrer de uma espécie de ressaca literária. Estou a ler Elena Ferrante e tenho a sensação que neste momento só me apetece lê-la, que ando a ler este livro muito devagarinho, como que à espera do terceiro e do quarto volumes. Não vai ser fácil separar-me de Ferrante. Como este mês estou muito atrasada com as leituras e deixei Adoecer às 100 páginas, suponho que se calhar nem vou ter tempo de ler Jane Eyre, embora queira muito lê-lo.

 

Continuo viciada em Ghost e só me apetece fazer posts sobre as músicas deles e de como estou entusiasmada com o concerto no final de Novembro, mas tenho de me controlar.

 

Ao ler este meu post de Abril fiquei cheia de saudades de ler Bolaño. A ver se leio um até ao final do ano.

 

Tantas séries para ver #1

Há uns tempos atrás andava extremamente preguiçosa no que diz respeito a séries. As que andava a seguir por lá ficaram a acumular episódios e as que queria ver, quietas ficaram também. Decidi mudar isso e, até agora, já vi:

 

A quinta temporada de Homeland, que me surpreendeu pela positiva, já que, depois do final da quarta temporada, pensei que a série nunca mais ficaria entusiasmante como era habitual. Não ficou tanto, mas ficou o suficiente para que visse os doze episódios quase de enfiada.

 

Dez episódios da última temporada de Grey’s Anatomy que tinha em atraso. Por mais deprimente que esta série seja, não consigo deixar de a ver, mas há que referir que, nesta décima primeira temporada, o nível de deprimência está mais elevado do que nunca.

 

Finalmente, retomei The Walking Dead. Tinha ficado naquela paragem de Novembro e, neste momento, falta-me apenas ver o último episódio. Está a ficar cada vez mais sombria e triste, sem qualquer vislumbre de um final feliz.

 

As próximas séries que pretendo ver são: Game of Thrones (nova temporada), Breaking Bad (final da terceira, quarta e quinta temporadas) e True Blood (última temporada - sétima).