Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Deixem o Indie em Paz

Maratona Gelo e Fogo #8

Já há imenso tempo que não fazia um post sobre a Maratona Gelo e Fogo, mas não é por estar a correr mal. Aliás, posso adiantar que está a correr maravilhosamente bem, não podia estar mais satisfeita por ter aderido.

Estou sensivelmente a meio do sexto livro (em Julho é suposto lermos o quinto e o sexto volumes) e estou a adorar. O quinto livro é muito bom, mas é no sexto que alguns dos acontecimentos mais marcantes da série acontecem. Ainda bem que a Cláudia teve esta iniciativa, porque de outra forma não me estava a ler esta saga assim de seguida (cinco meses, dois livros por mês). Mal posso esperar que seja Agosto para poder ler mais dois volumes.

Apesar de toda esta excitação com a história, não quero imaginar como será chegar ao final do décimo livro e não ter o próximo para ler. Vê lá se te apressas, George.

 

Álbum da semana #23

bandadomar.jpg

 

Não sei como é que, em tantos posts de “Álbum da semana”, ainda não me tinha lembrado de destacar o álbum homónimo da Banda do Mar, o único até agora (para quando o próximo, hum?). A Banda do Mar é constituída por Mallu Magalhães, Marcelo Camelo e Fred Ferreira. Já era fã da Mallu e do Marcelo a solo, mas a junção dos dois com o Fred foi qualquer coisa de maravilhosa.

O álbum tem doze faixas e, posso já adiantar que, adoro todas.  Algumas são cantadas apenas na voz da Mallu, outras apenas na de Marcelo, e ainda há outras em que podemos ouvi-los aos dois. A Mais Ninguém é uma das minhas músicas preferidas de todos os tempos.

Tive a sorte de ir a um dos concertos da banda no Teatro Tivoli BBVA, em Janeiro deste ano, e foi espectacularmente bom. A cumplicidade entre a banda é visível a milhas, sobretudo entre a Mallu e o Marcelo (casados). A Banda do Mar tem um registo muito próprio, embora bastante similar ao que já era hábito nos trabalhos a solo do casal. Para quem gosta de músicas calmas, mas que, ao mesmo tempo, também nos fazem ter vontade de bater o pé ao ritmo da música, este é o álbum ideal para ouvirem este Verão. 

Dez em dez.