Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Deixem o Indie em Paz

O Mundo da Guerra dos Tronos, A História Não Contada de Westeros

omundodaguerradostronos.jpg

 

Já não bastava seguir a série televisiva e estar, neste momento, a participar numa maratona literária que consiste em ler os dez livros da saga As Crónicas de Gelo e Fogo, também tinha de ser publicado, no dia 5 de Junho do presente ano, este livro, ou melhor, esta enciclopédia tão bonita (e cara!, quarenta e dois euros, meu Deus), onde é apresentada pela primeira vez a História ilustrada e mapeada dos Sete Reinos, com descrições vívidas das batalhas mais épicas, as razões das rivalidades destrutivas e as sementes das rebeliões que conduziram aos eventos descritos no primeiro volume da saga.

Uma pequena maravilha para quem quer saber tudo e mais alguma coisa sobre Westeros e A Guerra dos Tronos. Eu, pelo menos, já tinha pensado que gostaria de saber mais pormenores acerca do evento que serve de molde ao início desta saga. Agora, não caibo em mim de contentamento por saber que vamos poder estar a par da história e cultura de Westeros e dos destinos e ambições dos antepassados dos Stark, Targaryen, Lannister, Baratheon, e muito mais. Quem havia de dizer que este bicho me ia morder desta maneira.

 

Maratona Gelo e Fogo #2

 

guerradostronos.jpg

 

A leitura do primeiro livro da saga Crónicas de Gelo e Fogo está a correr melhor do que esperava: em quatro dias li cerca de 200 páginas, o que dá uma média de 50 páginas por dia, bastante acima do que tinha esperado ler, 30 páginas por dia. A este ritmo, vou terminar o livro no final desta semana e avançar para o próximo. Tirei-lhe a sobre-capa porque o levei para o Porto este fim-de-semana e durante a semana trago-o para o trabalho na mala, ou seja, meio caminho andado para ficar toda dobrada e afins, assim não me preocupo.

Ao ler este livro, tenho-me recordado imenso da série televisiva (até agora quase sempre muito fiel ao livro) e até parece mais fácil avançar com a leitura. Não tenho confundido nomes (estou tão contente com isso), aquelas páginas finais com os membros de cada casa, bem como os mapas, ajudam bastante no caso de alguma dúvida esporádica.

Tenho sentido imensa vontade de ler e quero muito avançar até à parte em que ainda não há série, ou até alguma parte em que note uma diferença abismal entre o livro e a série, mas ainda falta (tanto).