Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Deixem o Indie em Paz

Em falta na estante #1

quem disse o contrário.jpg

 

Deste autor li apenas Os Alferes, um livro com três contos, dos quais apenas me recordo de ter gostado bastante do primeiro. Na altura, não fiquei fascinada com Mário de Carvalho, mas decidi que, a seu tempo, lhe haveria de dar uma nova oportunidade, até porque não sou particularmente fã de contos, na óptica do leitor, pelo que, nestes casos, há que haver uma certa insistência da minha parte até perceber se o autor é do meu agrado ou não.

No entanto, este Quem disser o contrário é porque tem razão não se trata de um livro de contos, mas sim de um guia prático de escrita de ficção divido em seis secções: Pontos de Ordem, Pontos de Mira, Pontos de Referência, Pontos de Vista, Pontos Radiantes e Pontos de Luz, que aborda, pelo que pude averiguar, temas como os direitos e deveres do escritor, o leitor, a estrutura, as personagens, a acção, o enredo, a originalidade, etc. Apesar de não ser a nova abordagem ao autor que tinha em mente, neste momento, este é dos livros que mais quero comprar e ler. Não tenho como aspiração ser escritora, trata-se sim de querer compreender melhor o processo de escrita, até porque acredito que isso me tornará mais crítica em relação às minhas leituras.

 

Quem disser o contrário é porque tem razão

Mário de Carvalho

2014

Porto Editora