Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Deixem o Indie em Paz

De relações cortadas com o Público e não preciso de empresas de comunicação para isso

público.png

 

 

Logo quando me ia inteirar acerca da empresa de comunicação "especializada em gestão de crises" que o Sporting contratou. Oh.

Já agora, podiam pelo menos avisar que número de artigos é que se pode consultar gratuitamente, já que tenho consultado bastantes nos últimos tempos e nunca me deparei com isto. E quando são os artigos renovados?, mensalmente?, ou nunca mais posso ler nada neste site a menos que pague? Este negócio (pouco lucrativo, quer-me parecer) devia estar mais explícito no vosso site, meus caros, ou serei eu que não vejo bem? 

 

Porque confia no jornalismo independente, então está preparado para o mundo das notícias sem limites.

Aparentemente, para confiar é necessário pagar. Hum, não, obrigada, para isso vou comprar um jornal ao quiosque, mas o Público não será certamente.

Álbum da semana #6

Arctic_MonkeysWhatever.jpg

 

WPSIATWIN ou Whatever People Say I Am, That’s What I’m Not, álbum de estreia dos Arctic Monkeys, conta, para além do maravilhoso título e capa (ai, a capa), com um dos melhores conteúdos de toda a história da música e com um magnífico Alex Turner, acabado de fazer 20 anos. I Bet You Look Good On The Dancefloor é capaz de fazer a mais introvertida das mortais levantar os pés do chão e entrar num moche, em que quase perde a sua companhia, não estivesse esta a agarrá-la furiosamente pela mão (não comparável com um Brianstorm, mas muito bom ainda assim). Dancing Shoes, Still Take You Home e When The Sun Goes Down são igualmente boas e dignas de serem ouvidas e dançadas ao vivo no meio de milhares de pessoas. É um dos poucos álbuns de que gosto do princípio ao fim (a destacar também Mardy Bum, Perhaps Vampires Is a Bit Strong But... e A Certain Romance), sem excepção, e por isso tem um lugar especial no meu coração.

Parece que em tempos disse que o Humbug era o meu álbum preferido de Arctic Monkeys (disse?), provavelmente, devido à minha paixoneta pela Secret Door e pela Cornerstone (e que ainda se mantém), mas, assim a nível geral, WPSIATWIN leva a taça.

Dez em dez.