Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Deixem o Indie em Paz

Sugestões Literárias para 2016

A senhora dona deste blog tem alguma dificuldade em manter planos literários. Isso e cumprir a frase "não compro mais livros até à feira do livro / ao natal / aos meus anos / à próxima semana". Assim sendo, livros para ler (e encaixar na estante que já não leva livros...) não faltam cá por casa. Ainda assim, e tal e qual uma senhora que olha espantada para o seu closet a transbordar e diz que não tem nada para vestir, a Mada (Mada, não Máda) olha para a estante e diz "não sei o que ler a seguir". E é aí que eu sou chamado para contribuir. Após alguma reflexão, estão aqui os cinco livros que eu sugiro que a Madalena leia em 2016:

 

IMG_1559.JPG

 

Como já leu o Belos Cavalos e até gostou, faz sentido que leia A Travessia, para mim o melhor livro da trilogia da Fronteira, do Cormac McCarthy (e com menos cowboys lamechas. Sim, John Grady Cole, estou a falar de ti). Depois temos o Três Tristes Tigres, obra ímpar do Cabrera Infante, retrato da noite cubana e escrito de forma única. Não podia faltar Bolaño, aqui com Amuleto, num regresso ao universo de Detectives Selvagens e a uma célebre casa-de-banho de uma faculdade de Letras no México, nos anos 60. A Noite do Oráculo é o meu livro preferido de Paul Auster, também conhecido como o João Tordo americano. Por fim, um bocado de poesia para desenjoar da ficcão masculina, com a pequena pérola Curso Intensivo de Jardinagem, da Margarida Ferra (estou em crer que vai gostar e ler logo o Sorte de Principiante a seguir).
Ficamos à espera do feedback.

 

Comentar:

CorretorEmoji

Notificações de respostas serão enviadas por e-mail.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.