Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Deixem o Indie em Paz

Labirinto

Depois de muita insistência, o meu namorado lá me conseguiu arrastar para o Labirinto (ele já tinha ido há uns tempos), uma casa de terror, com personagens e lendas de Portugal, interpretadas por actores. Não posso contar praticamente nada para não estragar a surpresa a quem pretenda ir, mas posso dizer que vale muito a pena, fartei-me de gritar, mas também houve alguns momentos em que me ri (especialmente dos meus gritos histéricos). Antes de entrarmos, é-nos mostrada uma parede com os nomes das pessoas que não aguentaram até ao fim (Wall Of Shame) e contadas algumas histórias engraçadas, há mesmo muita gente que não passa da primeira sala, o que me deixou com algum receio (mais ainda).

Apesar disso, já lá dentro, nunca pensei em desistir, até porque o facto de saber que nada daquilo é real e que dura apenas cerca de 15 minutos me permitiu levar a coisa na desportiva, mas, claro, foi impossível não me assustar, não gritar, não ir pé ante pé temendo o próximo susto. É assustador, sim, mas é também uma experiência que nos diverte (a alguns, claro). Vale muito a pena e os actores são espectaculares. Hei-de lá voltar.

 

3 comentários

Comentar post