Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Deixem o Indie em Paz

Clube dos Clássicos Vivos - Moby Dick #2

Terminei Moby Dick no sábado e demorei algum tempo até poder dar-lhe uma pontuação. Gostei muito do início (a minha parte preferida) e do fim do livro (em parte), mas achei que havia demasiada informação relativa à caça da baleia e às actividades que se seguiam. É um livro muito completo, mas acaba por se tornar maçador, daí nunca ter ponderado dar-lhe pontuação máxima.

No início do livro, o narrador, para além da sua função óbvia, toma também parte na acção. No entanto, à medida que se avança no livro, este apenas relata o que acontece e descreve exaustivamente as partes que referi anteriormente. Julguei que este tivesse uma função mais importante (para além da função de narrador, claro) e isso desiludiu-me. Acabei por gostar mais do capitão Ahab, quando no início apostava no Ismael. Gostava de dar uma melhor pontuação, mas não consegui ir além das três estrelas. Ainda assim, não me arrependo nada de ter lido este clássico.

 

2 comentários

Comentar post